Silvestre Gorgulho

Silvestre Gorgulho

"Na praça de Hiroshima, onde caiu a bomba Atômica, foi construído um Parque onde tremula a bandeira branca da Paz"

Paulo Maciel Junior

Silvestre Gorgulho

Para o novo presidente do Fórum Nacional de Comitês de Bacia
Hidrográfica, preservação ambiental só com cidadania

Bisneto do Barão de Maciel, um dos fundadores de Caxambu e do seu Parque das Águas, Paulo Maciel Jr. formou-se em Engenharia de Telecomunicações em Santa Rita do Sapucaí. Mas sua vocação estava mesmo no campo. Foi nas águas de seu bisavô, o Barão, que Paulo Maciel se realizou. Depois de exercer a função de engenheiro em várias empresas, em 1980, voltou às suas origens na Fazenda do Roseta, em Baependi - MG onde trabalhou com agricultura orgânica e industrialização de frutas e leite.

Na roça, passou a acreditar que a felicidade que procurava estava em trabalhar para o bem comum. Hoje sente-se realizado como servidor público. Foi Diretor da Fundação Estadual do Meio Ambiente - FEAM/MG participando de sua implantação e Coordenador do Projeto Rio Doce (Cooperação Brasil - França). Atualmente ocupa os cargos de Secretário Municipal de Meio Ambiente e Saneamento Urbano de Belo Horizonte, Presidente do Comitê da Bacia do Rio das Velhas e recentemente (22/06/01) eleito Coordenador Geral do Fórum Nacional de Bacias Hidrográficas. Ajudou na criação de diversas ONG"s tais como; Consórcio de Recuperação da Bacia da Pampulha (atualmente Secretário Executivo), Associação Intermunicipal dos Amigos da Bacia do Rio Verde, Sociedade Amigos do Parque das Águas de Caxambu, Fundação Reage Rio Doce, onde é vice-presidente.

Publicou dois livros; "A Última Floresta" infanto juvenil transformado em peça teatral que lhe proporcionou muitas alegrias e "Zoneamento das Águas - um instrumento da gestão dos recursos hídricos". Foi agraciado com a Medalha de Mérito BH-90, Medalha Cidade de Tiradentes, e o Troféu Destaque Ambiental da Bacia do Rio Paraopeba.

Dentre os trabalhos em que participou destacam-se a: criação da APA Andorinhas (nascente do rio das Velhas), APA São José, Parque Estadual do Papagaio, Programa de Recuperação e Desenvolvimento Ambiental da Bacia da Pampulha - PROPAM, Enquadramento das águas das bacias dos rios Mingu, Piracicaba e Paraopeba, Projeto Rio Doce etc.

Paulo Maciel acredita que a sonhada preservação ambiental só é possível com o resgate da cidadania, o controle do consumo e o desenvolvimento social das populações carentes.