Silvestre Gorgulho

Silvestre Gorgulho

"Na praça de Hiroshima, onde caiu a bomba Atômica, foi construído um Parque onde tremula a bandeira branca da Paz"

Sanderson Alberto Medeiros Leitão

 

Silvestre Gorgulho (abril de 2001)

Único sul-americano escolhido para ser futuro líder mundial da água, Sanderson Alberto Medeiros Leitão faz parte de um grupo seleto composto por catorze jovens profissionais de todo o mundo, selecionados por renomados especialistas internacionais.

Para obter esse título, Leitão cumpriu diversas exigências, como ter menos de 40 anos, possuir larga experiência profissional e falar fluentemente o inglês. Leitão, atualmente com 38 anos, já visitou mais de 40 países, onde desenvolveu projetos na área hídrica. Atualmente, no Brasil, coordena projetos de reuso de água e de desenvolvimento e adoção de tecnologias limpas.
Os catorze escolhidos têm como missão apontar soluções para minimizar o problema da água em todo o mundo. São eles que deverão conduzir a área de recursos hídricos e de meio ambiente nesse milênio. Para isso, eles realizam reuniões periódicas, onde discutem o assunto, procurando detectar os problemas que afetam a água em nível global, como um primeiro passo para a elaboração de propostas.

No Brasil, Leitão diz que a principal preocupação deve ser com a conservação da água, associada a uma melhor gestão desse recurso natural, já que ele existe em abundância no país, apesar da escassez já verificada em alguns estados do Nordeste e Sudeste: "Temos condições para resolver o problema de escassez de água que existe em alguns pontos isolados do país. Em médio prazo, o Brasil tem como solucionar inclusive o problema da seca no Nordeste", diz esperançoso.

silvestre@gorgulho.com