Silvestre Gorgulho

Silvestre Gorgulho

"Na praça de Hiroshima, onde caiu a bomba Atômica, foi construído um Parque onde tremula a bandeira branca da Paz"

Nuvem menina

  (Setembro 2010)

Nuvem menina

 

  Silvestre Gorgulho

 

 

  Nuvens branquinhas nos céus dançam soltas

  Formam e deformam imagens no azul.

  Vejo nas nuvens, que mexem revoltas,

  Você norteando os caminhos do sul.

 

  Nuvem-menina apascente esta lua

  Que brilha e flutua bem longe do chão.

  Você toda nua, vestida de olhos,

  Apascente os desejos de meu coração.

 

  As nuvens viajam igual pensamento

  E escrevem na mente o melhor folhetim

  Você e as nuvens, a cada momento,

  Desdobram em caretas e sorriem pra mim

 

  Às vezes, nas nuvens, deitada em minh`alma

  Cantando cantigas de doce embalar,

  Você mesmo longe me espreita e me acalma

  E de olhos fechados me põe a sonhar.

 

  Nas nuvens do céu e no corpo da mente

  Você deita e rola igual uma atriz...

  Mas vejo você vestida somente

  De luz e carícias... etérea e feliz.

 

silvestre@gorgulho.com  (Setembro 2010)