Artigos

FILHOTE DE PEIXE-BOI RESGATADO NO MARANHÃO É TRANSFERIDO PARA PERNAMBUCO

Pescadores encontram o filhote no Delta do Parnaíba já com sinais de desidratação

 

O resgate foi complexo e demorado, mas felizmente tudo terminou bem. Servidores do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, do Núcleo de Gestão Integrada São Luís e da Área de Proteção Ambiental Delta do Parnaíba participaram do resgate de um filhote de peixe-boi-marinho (Trichechus m. manatus) encontrado por pescadores do Povoado de Travosa, em Santo Amaro (MA).

 

Filhote de peixe-boi é resgatado pelos técnicos do ICMBio no Povoado de Travosa, Delta do Parnaíba.

 

HISTÓRICO DO RESGATE

Os pescadores contaram que o filhote apareceu na praia. Ele vinha e voltava para o mar. Parecia perdido. Por conta do difícil acesso e a baixa conexão à internet, a comunicação entre os pescadores e o ICMBio não ocorreu a tempo de atender os chamados anteriores e o filhote foi então devolvido para a água, mesmo sem a presença de outros indivíduos ou com orientação técnica do ICMBio. Não havia nenhum especialista no local que pudesse dar uma orientação segura.

Segundo o analista ambiental do NGI São Luís e coordenador da operação de fiscalização, Paulo Afonso, ao receberem a informação de encalhe do filhote de peixe-boi-marinho a equipe se deslocou imediatamente para o local. “Visitamos esse povoado pela manhã durante a operação de fiscalização contra o corte ilegal de madeira de mangue, quando, no final da tarde, recebemos a informação da ocorrência de um encalhe de peixe-boi marinho. Imediatamente retornamos ao local, a fim de averiguar a situação e resguardar o filhote até a chegada da equipe de apoio, também do ICMBio, para o resgate”, explica o analista ambiental.

 

PRIMEIROS CUIDADOS

Os primeiros cuidados foram realizados ainda no local para que o mamífero fosse transportado no dia seguinte para base do peixe-boi-marinho da APA Delta do Parnaíba, no litoral do Piauí. Segundo o biólogo e agente ambiental, Matheus Silva, o filhote macho, medindo 1,26cm de comprimento e pesando 32kg estava bastante desidratado, com a pele ressecada e peso abaixo do esperado, provavelmente, devido aos consecutivos encalhes.

“Já estávamos monitorando esse filhote com apoio dos pescadores da comunidade, enfim conseguimos resgatá-lo. O apoio de todos os parceiros envolvidos foi fundamental para o sucesso da operação de resgate”, ressalta.

 

 

O filhote levou o nome de AMARO. O nome foi escolhido numa capanha aberta pelos técnicos da APA Delta do Parnaíba. O filhote foi batizado de “Amaro” em homenagem aos moradores do local onde ele foi resgatado: dentro de uma lagoa em Santo Amaro do Maranhão.

 

LEMBRANÇA – O nome Amaro dado ao filhote também é uma referência ao “Milagre do Santo Amaro”. Na história do catolicismo popular, contam que Santo Amaro salvou, caminhando sobre as águas, um companheiro que se afogava em um lago. “Isso nos remete à própria sobrevivência do filhote de peixe-boi-marinho”.

Mesmo com uma melhor estabilidade em função do atendimento clínico realizado pelo CMA e do empenho da equipe da APA Delta do Parnaíba, ao chegar na base avançada do CMA, na Ilha de Itamaracá/PE, animal ainda estava em grande risco de morte e sem conseguir se alimentar devidamente. Segundo a veterinária do CMA, Fernanda Attademo, após os primeiros dias, foi dado início a um intenso trabalho de recuperação do filhote e tentativa de ensiná-lo a se alimentar, para que se adaptasse a dieta artificial e recebesse os suprimentos necessários para estabilização. “O filhote vem reagindo satisfatoriamente e já consegue tomar a mamadeira sem contenção, aceitando bem a alimentação e com quadro clínico mais estável”, comenta.

 

RESGATE DE FILHOTES

Até 2012, o ICMBio/CMA era o único local para recebimento de filhotes de peixes-bois-marinhos encalhados, tanto para o processo de reabilitação quanto de aclimatação. Desde então, por incentivo do Centro, outras instituições passaram a manter e soltar estes animais, nos locais mais próximos do resgate, para desta forma contribuir com a conservação da espécie em toda a área de abrangência da espécie. Atualmente, o ICMBio/CMA possui 14 peixes-bois, dos quais três são do Piauí e dois são do Maranhão, incluindo o Amaro. A expectativa é que estes animais possam ser soltos o mais próximo possível de sua área de encalhe.

 

 

 

Artigos

SANTA CRUZ DE TENERIFE: QUANTA BELEZA, ARTE E CIVILIDADE

(Parte 5)

Publicado

em

 

Deixando o navio para visitar a cidade, me chamou logo a atenção um desfile, em pedestais, das maiores personalidade que já visitaram Tenerife. Deve ter uns 80 totens com fotos e pequena descrição de cada um. Lá estão Charles Darwin, Churchill, escritores, reis e rainhas. (Uma boa ideia para fazer em duas cidades que amo: São Lourenço-MG e Brasilia)
Duas personalidades me fizeram lembrar da “Folha do Meio Ambiente”: Marianne North e Alexander Von Humboldt.
Marianne porque morou vários anos no Rio de Janeiro e abriu uma grande série que fizemos no jornal chamada “NATURALISTAS VIAJANTES”.
Von Humbolt, fundador da moderna geografia física e autor do conceito de meio ambiente geográfico, fez uma das mais belas metáforas que já li quando visitou o Brasil e viu uma vereda coberta de vagalumes:
“OS VAGALUMES FAZEM CRER QUE, DURANTE UMA NOITE NOS TRÓPICOS, A ABÓBODA CELESTE ABATEU-SE SOBRE OS PRADOS”.
TENERIFE, PAISAGEM E CULTURA
Não foi à toa que o jornal “The Garden” escolheu Tenerife um dos melhores lugares do mundo para se viver.
Também não foi à toa que chegar ontem, dia 22, no Porto de Tenerife, havia 5 grandes transatlânticos, inclusive o da National Geographic, com turistas do mundo inteiro. Tanto a cidade de Santa Cruz de Tenerife, como a ilha são um convite às compras e passeios.
# O arquipélago das CANÁRIAS são formadas por 7 ilhas. Tenerife e Las Palmas são as principais cidades. Amanhã visitaremos outra ilha e Las Palmas.
# Tenerife se destaca por sua arquitetura contemporânea e diversificada. O auditório de Tenerife é singular e chama logo a atenção.
# A Praça da Espanha é o coração da cidade com um lago, fonte, rodeada de monumentos e esculturas gigantes. Espetacular!
# A rua central é só para pedestres. Um desfile de gente, de lojas de grife e cafés. Um charme!
# E se pode visitar o Parque Nacional do Teide, Patrimônio da UNESCO, onde tem um vulcão ativo de paisagem alucinante. No caderno de notas de Cristóvão Colombo (1492) aparece uma referência ao Teide em erupção.
É a segunda vez que visito Tenerife. Prometi a mim mesmo que vou voltar.
Fotos
1) Mapa do arquipélago
2 e 3) Toten com Marianne North e Von Humboldt
4) “Desfile” dos totens
5) filme da chegada do navio Norwegian Star
6) A cidade de Tenerife vista do navio
7) o vulcão Teide
Continue Lendo

Artigos

CABO VERDE: A ILHA DE BOA VISTA E BRASÍLIA

(Parte 4)

Publicado

em

 

No dia 20, visitamos MINDELO, na Ilha São Vicente. Que grata surpresa!
Mindelo é conhecida em todas as ilhas de Cabo Verde como a BRASILIM, que no dialeto criolo significa BRASILINHA ou Pequeno Brasil.
Visitamos o Centro de Artes, Design e Artesanato, na Praça Nova, onde tem uma exposição temporária da artista Bela Duarte. Visitamos também o muro onde está a figura de outra cabo-verdiana ilustre: CESÁREA ÉVORA.
O povo cabo-verdiano é super simpático e hospitaleiro. Nosso guia, Danilo, nos disse uma frase que revela bem a força cultural e a beleza do casario de Mindelo, cidade da poetisa e cantora Cesárea Évora e da artista plástica Bela Duarte: “Praia é a capital, mas Mindelo é a principal!”
Na parte 4, vou falar sobre Cabo Verde e Brasília: uma circunstância histórica e trágica.
Continue Lendo

Artigos

MINDELO, A PRINCIPAL. CULTURA e CASARIO

(Parte 3)

Publicado

em

 

Hoje, 20, visitamos MINDELO, na Ilha São Vicente. Que grata surpresa!
Mindelo é conhecida em todas as ilhas de Cabo Verde como a BRASILIM, que no dialeto criolo significa BRASILINHA ou Pequeno Brasil.
Visitamos o Centro de Artes, Design e Artesanato, na Praça Nova, onde tem uma exposição temporária da artista Bela Duarte. Visitamos também o muro onde está a figura de outra cabo-verdiana ilustre: CESÁREA ÉVORA.
O povo cabo-verdiano é super simpático e hospitaleiro. Nosso guia, Danilo, nos disse uma frase que revela bem a força cultural e a beleza do casario de Mindelo, cidade da poetisa e cantora Cesárea Évora e da artista plástica Bela Duarte: “Praia é a capital, mas Mindelo é a principal!”
Na parte 4, vou falar sobre Cabo Verde e Brasília: uma circunstância histórica e trágica.
Continue Lendo

Reportagens

SRTV Sul, Quadra 701, Bloco A, Sala 719
Edifício Centro Empresarial Brasília
Brasília/DF
rodrigogorgulho@hotmail.com
(61) 98442-1010