Artigos

Hoje é Dia: datas, fatos e feriados de junho de 2024

Confira as principais efemérides do mês de junho de 2024

 

Depois de um final de maio com pontos facultativos, o mês de junho de 2024 não terá nenhum feriado nacional (o próximo é apenas em 7 de setembro). Isso não significa que o mês não tenha datas marcantes. 

Já no dia 5 de junho é celebrado o Dia Mundial do Meio Ambiente, uma comemoração internacional estabelecida pela 27ª sessão da Assembleia Geral da ONU em 1972. A data, que nos ajuda a refletir sobre a importância da proteção e preservação do nosso planeta, foi tema de conteúdos de sites da EBC como a Agência Brasil e do Viva Maria, da Rádio Nacional da Amazônia. 

Exatamente uma semana depois, no dia 12 de junho, é celebrado o Dia dos Namorados no Brasil. A celebração, que ajuda a movimentar o comércio, teve origem em uma campanha publicitária no ano de 1948. A escolha da data se deu por ser na véspera do Dia de Santo Antônio. Em 2013, o Repórter Brasil, da TV Brasil, explicou com detalhes como ela surgiu: 

Os “santos juninos” também são destaques. No dia 13, os católicos homenageiam Santo Antônio, conhecido como o santo casamenteiro e protetor dos pobres e aflitos. No dia 24, é celebrado o Dia de São João, que dá origem às festas juninas no Brasil. Já o Dia de São Pedro é 29 de junho. As festas de junho foram tema desta edição de 2016 do Caderno de Música, da Rádio MEC FM.

Já no dia 18, é o Dia do Orgulho Autista, uma data marcada pela criação da entidade “Aspies/Autistas para a Liberdade” em 2004. O programa Caminhos da Reportagem, da TV Brasil abordou o tema com histórias de pessoas que receberam o diagnóstico de autismo já adultos. Com a descoberta, vem os sentimentos de alívio e aceitação, além da busca por mais informações sobre o Transtorno do Espectro Autista (TEA).

O dia 20 é o Dia Mundial dos Refugiados, uma data estabelecida pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados em 2000. No ano passado a Agência Brasil registrou as comemorações da data.

Já o dia 28 é o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIAPN+. A data marca a “Revolta de Stonewall” de 28 de junho de 1969, quando frequentadores do bar Stonewall Inn, na cidade norte-americana de Nova Iorque, reagiram pela primeira vez contra as constantes ações policiais. No ano passado, a data foi tema do programa Viva Maria: 

Inverno e artistas

O dia 21 é marcado pelo Solstício de Inverno no Hemisfério Sul (e, consequentemente, o Solstício de Verão no Hemisfério Norte). Em 2015, o Portal EBC falou sobre a data. É nesta data que, às 17h51, o inverno vai começar no Hemisfério Sul.

O mês tem, ainda, dois aniversários. No dia 19 de junho, o cantor, compositor, escritor, poeta e dramaturgo carioca Chico Buarque, uma das figuras mais icônicas da cultura brasileira, completa 80 anos. No ano passado, o programa Memória Musical, da Rádio Nacional, relembrou uma entrevista dele ao programa da Rádio Nacional FM de Brasília. 

No dia 29, o cantor e compositor fluminense Luiz Antônio Feliciano Neguinho da Beija-Flor Marconde, o Neguinho da Beija-Flor, completa 75 anos. Nome icônico do samba e do carnaval, ele já participou de programas da EBC como o Todas as Bossas, da TV Brasil, em 2019: 

Confira a relação de datas do Hoje é Dia do mês de junho de 2024:

Junho de 2024
1

Morte do maestro e compositor mineiro Silvio Barbato (15 anos)

Nascimento da cantora canadense Alanis Morissette (50 anos) – vencedora de 14 Junos e 7 Grammies, vendeu mais de 75 milhões de cópias no mundo e é considerada uma das mulheres mais influentes no mundo da música

O voo AF 447 da Air France, um Airbus A330-200 que fazia o trajeto do Rio de Janeiro a Paris, despenhou-se sobre o Oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo (15 anos)

Dia Internacional do Leite – criado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, para reconhecer a importância do leite como alimento global

Dia Nacional da Imprensa

2

Nascimento do cantor e compositor paulistano Germano Mathias (90 anos)

Nascimento do futebolista e político goiano Túlio Humberto Pereira Costa, o Túlio Maravilha (55 anos)

Morte do poeta modernista e diplomata gaúcho Raul Bopp (40 anos)

Realização, pela primeira vez no Brasil, de uma exibição prática da televisão, sendo os equipamentos montados em dois pavilhões da Feira de Amostras (85 anos)

Dia Estadual do Vinho e Início da Semana Estadual de Apoio à Cultura e Produção do Vinho

Fundação do Ceará Sporting Club 1914 (110 anos)

Primeira veiculação do Programa Acontece Cada Uma, na Rádio Nacional AM RJ (75 anos)

3

Morte do músico austríaco Johann Strauss II (125 anos)

Morte do escritor tcheko Franz Kafka (100 anos)

Morte do líder religioso e político iraniano Ruhollah Musavi Khomeini, o Aiatolá Khomeini (35 anos)

Yitzhak Rabin é eleito o primeiro Ministro de Israel (50 anos)

4

Nascimento do médico, cientista e político acreano Adib Jatene (95 anos) – conhecido e respeitado nacional e internacionalmente, foi o criador de dezenas de inovações no meio médico e inventor de uma cirurgia no coração que leva seu nome

Nascimento do ator mineiro Ângelo Antônio (60 anos)

Morte do arquiteto paisagista paulista Roberto Burle Marx (30 anos)

Massacre de manifestantes na China (35 anos)

Dia Internacional das Crianças Vítimas Inocentes de Agressão – comemoração instituída pela ONU na sua Resolução E-08/07 de 19 de agosto de 1982, que conta com o apoio da UNICEF

5

Morte do instrumentista e compositor paulista José Alves da Silva, o Aimoré (45 anos)

Nascimento do músico fluminense Oswaldo de Almeida e Silva, o Oswaldinho do Acordeon (70 anos)

Nascimento do poeta e jurista mineiro Cláudio Manuel da Costa (295 anos) – participou colateralmente do movimento conhecido como Conjuração Mineira, tendo morrido em circunstâncias suspeitas

Morte do compositor e teatrólogo fluminense Antônio Guimarães Cabral, o Aldo Cabral (30 anos)

Dia Mundial do Meio Ambiente – comemoração internacional, que foi instituída pela 27ª sessão da Assembleia Geral da ONU na Resolução Nº 2994 de 15 de dezembro de 1972

Início da transmissão, na Rádio Nacional AM RJ, de “Em busca da felicidade” (83 anos) – primeira novela radiofônica veiculada no país. Em 2018, O roteiro recebeu a certificação da UNESCO, pelo Programa Memória do Mundo

6

Dia Internacional da Prostituta – comemorado para marcar a data de 2 de junho de 1975, em que cerca de 150 trabalhadoras sexuais entraram para a história ao ocuparem a Igreja de São Nizier na cidade francesa de Lyón, exigindo que o trabalho prestado por elas fosse considerado tão útil à França como outro ofício qualquer

Nascimento do mestre de tambor de crioula maranhense Mestre Felipe (100 anos)

Nascimento do pintor espanhol Diego Velázquez (425 anos)

Nascimento do compositor e maestro alemão Siegfried Wagner (155 anos)

Nascimento do pintor, gravador, desenhista e professor capixaba Levino Fânzeres (140 anos)

Nascimento do cantor e compositor capixaba Nomar Nobre Chatelain, o Carlos Nobre (90 anos)

Desembarque de tropas aliadas na região da Normandia, o Dia “D” (80 anos)

Criação do jogo Tetris (40 anos) – um jogo eletrônico muito popular, um dos primeiros itens de exportação de sucesso da União Soviética e um dos primeiros a ser visto como um tipo de vício

7

Morte do piloto de automobilismo Francisco Sacco Landi, o Chico Landi (35 anos)

Morte do poeta, jornalista e publicitário paranaense Paulo Leminski (35 anos)

Morte do matemático e cientista da computação britânico Alan Turing (70 anos)

Nascimento do filósofo, poeta, crítico e jurista sergipano Tobias Barreto (185 anos) – iniciou na poesia brasileira o movimento denominado condoreirismo hugoano (terceira fase do romantismo)

Morte da cantora, compositora e instrumentista capixaba Nara Leão (35 anos)

Nascimento da pintora e escultora suíça radicada no Brasil Myrrha Dagmar Dub, a Mira Schendel (105 anos)

Morte do cantor e compositor fluminense Serguei (5 anos)

Assinatura do Tratado de Tordesilhas (530 anos)

Início do Cerco de Jerusalém pelos exércitos da Primeira Cruzada (925 anos)

Dia Nacional da Liberdade de Imprensa

8

Morte do compositor, maestro, instrumentista e trombonista fluminense Raul de Barros (15 anos)

Nascimento do poeta, compositor e veterinário fluminense Almanir Grego (115 anos) – compôs sambas, valsas, choros e marchas, entre outros gêneros. Várias de suas composições foram lançadas pelas irmãs Carmen e Aurora Miranda

Publicação do livro “1984”, de George Orwell (75 anos)

Fundação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) (110 anos)

Dia Mundial dos Oceanos – comemoração estabelecida em 1992 durante a “Eco92” ou “Cimeira da Terra” ou “Conferência do Rio” sobre Meio Ambiente, com o fim de enfatizar a importância de todos os produtos fornecidos pelo Oceano Atlântico, Oceano Pacífico, Oceano Antártico, Oceano Índico e Oceano Ártico

9

Morte do escritor, crítico literário e musical paranaense José Cândido de Andrade Muricy (40 anos) – foi presidente da Academia Brasileira de Música e membro do Conselho Federal de Cultura. Em 1973, recebeu o Prêmio Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras

Crise nas bolsas brasileiras, causadas por cheques sem fundos do especulador financeiro Naji Nahas (35 anos)

Conclusão da Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher, em Belém do Pará (30 anos)

Dia Internacional dos Arquivos – comemorado para marcar a data da criação do Conselho Internacional dos Arquivos, que foi instituído pela UNESCO em 9 de junho de 1948, quando se aproveita a data da celebração para se promover o valor das instituições de arquivos no serviço da pesquisa, da cultura, da memória, e da transparência

Emancipação política do município dos Palmares, localizado no estado de Pernambuco (145 anos)

10

Nascimento do pintor francês Gustave Courbet (205 anos)

Nascimento do compositor e produtor musical fluminense Mario Gomes da Rocha Filho, o Mariozinho Rocha (75 anos)

Morte do cantor e pianista estadunidense Ray Charles (20 anos)

Morte da violonista, cantora e compositora fluminense Maria Rosa Canellas, a Rosinha de Valença (20 anos)

Nascimento do cantor, compositor e instrumentista paulista Ernâni Alvarenga (110 anos)

Seleção Italiana é campeã da Copa do Mundo 1934 (90 anos)

Slobodan Milosevic, Presidente da Iugoslávia, declara fim da guerra do Kosovo (25 anos)

Dia Mundial dos Alcoólicos Anônimos – comemorado para marcar aquela que é tradicionalmente tida como a data da fundação do grupo de auto-ajuda de homens e mulheres que partilham entre si sua dependência das bebidas alcoólicas, ocorrida na cidade estadunidense de Akron OH-EUA em 10 de junho de 1935

Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas – celebra a data de 10 de Junho de 1580, data da morte de Camões

Fundação da cidade de Foz do Iguaçu (110 anos)

11

Nascimento do escritor japonês Yasunari Kawabata (125 anos) – primeiro de seu país a receber o Nobel de Literatura

Morte do pisicólogo russo Lev Vygotsky (90 anos) – proponente da Psicologia cultural-histórica, até hoje fonte importante no campo da Psicologia da Educação

Morte do médico e escritor de humor Max Nunes (10 anos) – pioneiro dos programas de humor, foi criador e redator do “Balança, Mas Não Cai”, da Rádio Nacional do Rio de Janeiro e posteriormente parceiro de Jô Soares na criação de seus textos

Morte do ator estadunidense John Wayne (45 anos)

Nascimento do compositor e maestro alemão Richard Strauss (160 anos)

Nascimento do ex-automobilista britânico Jackie Stewart (85 anos) – tricampeão mundial de Fórmula 1

Morte do militar e político mato-grossense Eurico Gaspar Dutra (50 anos) – presidente do Brasil entre 1946 e 1951

12

Nelson Mandela é condenado à prisão perpétua na África do Sul (60 anos)

Basquete feminino conquistou o primeiro título mundial da modalidade no Campeonato Mundial de Basquetebol Feminino (30 anos)

Inicia-se a Copa do Mundo no Brasil (10 anos)

Fundação de São Luís Gonzaga do Maranhão (170 anos)

Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil – comemoração instituída em 2002 pela Organização Internacional do Trabalho

Dia dos Namorados – comemoração extraoficial do Brasil desde 1948, que surgiu a partir de uma campanha publicitária encomendada pela extinta rede de Lojas de Departamentos “Exposição Clipper” de São Paulo

13

Nascimento do ator baiano Antonio Pitanga (85 anos)

Morte da cantora e atriz paulista Victória Bonaiuti Delfino dos Santos, a Marlene (10 anos) – Rainha do Rádio e apresentadora da Rádio Nacional

Nascimento do diplomata sul-coreano Ban Ki-moon (80 anos) – oitavo secretário-geral da Organização das Nações Unidas

Nascimento da dançarina, cantora e atriz fluminense Rita de Cássia Coutinho, a Rita Cadillac (70 anos)

Nascimento do cantor, compositor e produtor musical paraense Alípio Martins (80 anos)

Criação do Serviço Nacional de Informações – SNI (60 anos)

Dia de Ogum Xoroquê, declarado como Patrimônio Imaterial do Estado do Rio de Janeiro

Estreia do Coro Lírico do Theatro Municipal de São Paulo (85 anos)

Dia de Santo Antônio

14

Primeira irradiação do programa infantil Clube Juvenil Toddy, na Rádio Nacional AM RJ (73 anos)

Nascimento do médico alemão Alois Alzheimer (160 anos)

Nascimento da cantora e compositora paulista Linda Batista (105 anos) – foi contratada pela Rádio Nacional do Rio de Janeiro, em 1936. No ano seguinte, foi eleita a primeira Rainha do Rádio, título que manteve por 11 anos

Morte do advogado e político mineiro Afonso Pena (115 anos) – presidente do Brasil entre 1906 e 1909

Morte da atriz paulista Cacilda Becker (55 anos)

Nascimento da tenista alemã Steffi Graf (55 anos) – foi a primeira tenista (entre homens e mulheres) a ter vencido os quatro torneios do Grand Slam e os Jogos Olímpicos na mesma temporada, completando o Golden Slam — nome dado ao feito que é considerado por muitos como extraordinário

Dia Mundial do Doador de Sangue

15

Um terremoto de 6,7 graus na escala Richter sacode a zona sul e central do México e deixa uma centena de mortos, mais de 200 feridos e ao menos 16 mil desabrigados (25 anos)

TV Cultura é reinaugurada pela Fundação Padre Anchieta em São Paulo (55 anos)

Charles Goodyear registra a patente da vulcanização, um processo que endurece a borracha (180 anos)

Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa – comemoração instituída em 2006 pela Rede Internacional de Prevenção de Abusos contra Idosos, que conta com o apoio da Organização Mundial de Saúde

16

Nascimento do poeta fluminense Dante Milano (125 anos)

Morte do historiador francês Marc Bloch (80 anos)

Morte do saxofonista de jazz estadunidense Charlie Mariano (15 anos)

O Palmeiras vence o Deportivo Cali por 4 a 3 na disputa por pênaltis e conquista pela primeira vez a Copa Libertadores da América (25 anos)

Bloomsday – instituído na Irlanda para homenagear o personagem “Leopold Bloom”, protagonista de Ulisses, de James Joyce. Em todo o mundo, é o único dia dedicado ao personagem de um livro

17

Nascimento do príncipe holandês João Maurício de Nassau (420 anos)

Nascimento da compositora russa Galina Ustvolskaya (105 anos)

Nascimento do músico mineiro Haroldo Ferretti (55 anos) – baterista da banda Skank

Morte do ator e diretor fluminense Perry Salles (15 anos)

Nascimento do maratonista queniano Paul Tergat (55 anos)

A Islândia torna-se independente da Dinamarca e constitui uma república (80 anos)

Bandeira Olímpica é apresentada pelo Barão de Coubertin pela primeira vez no Congresso Olímpico de Paris (110 anos)

Dia Mundial do Combate à Seca e à Desertificação – comemoração instituída pela Resolução A/RES/49/115 de 30 de janeiro de 1995 da Assembléia Geral da ONU para marcar a data da adoção da Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação, que foi estabelecida na cidade francesa de Paris em 17 de junho de 1994

18

Morte do crítico literário, poeta e político sergipano Silvio Romero (110 anos)

Nascimento do sociólogo e filósofo alemão Jürgen Habermas (95 anos)

Nascimento do humorista fluminense Helio Antonio do Couto Filho, o Helio de la Peña (65 anos)

Morte do ator, diretor de teatro e dramaturgo fluminense João Álvaro de Jesus Quental Ferreira, o Procópio Ferreira (45 anos)

Morte da atriz e cantora paulista Dirce Grandino de Oliveira, a Dircinha Batista (25 anos) – em 1952, trabalhando na Rádio Nacional e no Rádio Clube, apresentou o programa “Recepção” no Rádio Clube, o qual era dedicado aos compositores populares brasileiros. Sua atuação neste programa lhe rendeu uma placa de prata na SBACEM e um troféu pela UBC

A Birmânia passa a se chamar oficialmente Myanmar (35 anos)

Lançamento do Lunar Reconnaissance Orbiter, da NASA (15 anos)

Dia Nacional do Tambor de Crioula

Dia Nacional da Imigração Japonesa – comemorado por brasileiros, conforme Lei Nº 11.142 de 25 de julho de 2005, para marcar a data da chegada ao Brasil do navio japonês, Kasato-Maru, que aportou na cidade brasileira de Santos-SP em 18 de junho de 1908

Dia do Orgulho Autista – comemorado para marcar a data da criação da “Aspies/Autistas para a Liberdade”, que foi constituída em 18 de junho de 2004 e que converteu-se na 1ª instituição mundial a utilizar o termo “orgulho” relacionado ao autismo, com o fim de educar o público em geral sobre o desconhecimento das questões relacionadas com o autismo

19

Nascimento do político e militar uruguaio José Gervasio Artigas (260 anos) – considerado herói nacional de seu país

Nascimento do cantor, compositor, escritor, poeta e dramaturgo carioca Chico Buarque (80 anos)

O então Príncipe de Astúrias, Felipe de Bourbon, é proclamado Rei da Espanha, reinando com o nome de Felipe VI (10 anos)

Dia do Cinema Brasileiro – comemorado no Brasil, para marcar a data da 1ª filmagem da baía da Guanabara, que foi realizada em 19 de junho de 1898 com uma câmera Lumière pelo primeiro cineasta brasileiro, Afonso Segreto, a partir do navio francês, “Brèsil”, quando ele retornava de uma viagem à Europa, onde fora para buscar equipamentos de filmagem

20

Nascimento do político francês Jean Moulin (125 anos) – herói da resistência contra a ocupação nazista na França

Nascimento do ator australiano Errol Flynn (115 anos)

Nascimento do religioso Antônio de Castro Mayer (120 anos) – bispo católico

Nascimento do cantor estadunidense Lionel Brockman Richie Jr., o Lionel Richie (75 anos)

Termina em São Luís o “Processo das formigas” (310 anos) – ação judicial movida contra animais, formigas que minaram a despensa de frades da Província da Piedade do Maranhão. Deu-se a sentença de que os frades fossem obrigados a sinalar dentro de sua cerca sítio competente para vivendas das formigas, e que elas, sob pena de excomunhão, mudassem logo de habitação. Religioso, por mandado do juiz, fez a leitura da decisão nas bocas dos formigueiros

Dia Mundial dos Refugiados – comemoração instituída pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados na Resolução 55/76 de 2000, para marcar a data do aniversário da Convenção de Genebra de 1951, que foi que entrou em vigor em 1974, definindo o refugiado como toda a pessoa que, em razão de fundados temores de perseguição devido à sua raça, religião, nacionalidade, associação a determinado grupo social ou opinião política, encontra-se fora de seu país de origem e que, por causa dos ditos temores, não pode ou não quer regressar a esse país

Doação de terras à Nossa Senhora em escritura pública, com a condição de ser edificada uma capela permanente, que viria a ser o Outeiro da Glória (325 anos)

21

Nascimento da atriz maranhense Apolônia Pinto (170 anos) – filha de uma atriz portuguesa que entrou em trabalho de parto em pleno teatro, Apolônia nasceu no camarim número 1 do Teatro Artur Azevedo, onde posteriormente ela estreou como atriz aos doze anos de idade

Nascimento do escritor fluminense Machado de Assis (185 anos)

Morte do político gaúcho Leonel Brizola (20 anos)

Nascimento do cantor e compositor gaúcho Antônio Gonçalves Sobral, o Nelson Gonçalves (105 anos)

Vôo inicial da primeira nave espacial, voo 15P, construída por empresas particulares, a SpaceshipOne (20 anos)

Solstício de Inverno no Hemisfério Sul

Dia Mundial do Skate

22

Nascimento da atriz estadunidense Mary Louise Streep, a Meryl Streep (75 anos)

Nascimento do cantor e compositor fluminense Dalto Roberto Medeiros, o Dalto (75 anos)

Nascimento do escritor estadunidense Dan Brown (60 anos)

Morte da cantora e atriz esdadunidense Frances Ethel Gumm, a Judy Garland (55 anos)

Criação do telégrafo submarino Rio de Janeiro – Portugal (150 anos)

Dia Mundial do Fusca

23

Nascimento do escitor, dramaturgo e cineasta paulista João Silvério Trevisan (80 anos)

Nascimento do roteirista, produtor e diretor de cinema e televisão, escritor de histórias em quadrinhos e compositor estadunidense Joss Whedon (60 anos)

Nascimento do compositor fluminense João Petra de Barros (110 anos)

Criação do Comitê Olímpico Internacional (130 anos)

Dia do Desporto, Dia do Atleta Olímpico e Dia Mundial do Desporto Olímpico

Inauguração da Rádio Nacional FM de Brasília (47 anos)

24

Dia de São João – marca a Festa junina

Morte do cineasta estadunidense William Keighley (40 anos)

Nascimento do ator e diretor de televisão gaúcho João Régis de Souza Cardoso, mais conhecido como Régis Cardoso (90 anos)

Nascimento do diretor, produtor e roteirista gaúcho Geraldo Moraes (85 anos)

Morte do agitador cultural fluminense Albino Pinheiro (25 anos) – fundador da Banda de Ipanema, um dos personagens ilustres do Rio de Janeiro

Nascimento do guitarrista britânico Jeff Beck (80 anos)

25

Nascimento do ator paraibano Luiz Carlos Vasconcelos (70 anos)

Morte do cantor, ator, dançarino e compositor estadunidense Michael Jackson (15 anos)

Morte da atriz e modelo estadunidense Farrah Fawcet (15 anos)

Morte do filósofo francês Michel Foucault (40 anos)

26

Morte do filósofo, poeta, crítico e jurista sergipano Tobias Barreto (135 anos) – iniciou na poesia brasileira o movimento denominado condoreirismo hugoano (terceira fase do romantismo)

Lançamento do semanário “O Pasquim” (55 anos)

Lançamento do jornal “Correio Paulistano” (170 anos)

Dia Internacional contra o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas – comemoração que foi instituída pela Assembleia Geral da ONU na sua Resolução Nº 42/112 de 7 de dezembro de 1987, e que está oficializada no Brasil pelo Decreto DNN8091 de 28 de maio de 1999, através do qual se criou a “Semana Nacional Antidrogas” no Brasil

Dia Internacional das Nações Unidas em apoio às Vítimas de Tortura – data instituída pela ONU na sua Resolução Nº 52/149 de 12 de dezembro de 1997, para marcar a data de 26 de junho de 1987, em que entrou em vigor nos países-membros signatários a “Convenção Contra a Tortura e Outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanas ou Degradantes”

27

Nascimento da caixeira, compositora e cantora maranhense Almeirice da Silva Santos, a Dona Teté (100 anos)

Nascimento da cantora e atriz fluminense Maria José Motta de Oliveira, a Zezé Motta (80 anos)

Nascimento da designer de moda estadunidense Vera Wang (75 anos)

Morte do compositor e ator fluminense Dorival Silva, o Chocolate (35 anos)

Noel Rosa se apresenta pela primeira vez em público no Tijuca Tênis Clube (95 anos)

Primeira demonstração pública de televisão colorida por H. E. Ives e colaboradores da Bell Telephone Laboratories, em Nova Iorque (95 anos)

28

Morte do poeta e ativista inglês Edward Carpenter (95 anos)

Atentado mata o herdeiro da Áustria e fornece pretexto para o início da Primeira Guerra Mundial (110 anos)

Frequentadores do bar Stonewall Inn (Nova Iorque, Estados Unidos), voltado para o público LGBTQIAPN+, reagem às frequentes batidas policiais, fato que desencadeia mais dois dias de protestos e culmina na marcha ocorrida no dia 1 de julho de 1970, em lembrança ao aniversário do motim, precursora das atuais Paradas do Orgulho LGBTQIAPN+ (55 anos)

Manuel Zelaya é preso e deposto em Honduras (15 anos)

Alemanha assina Tratado de Versalhes (105 anos)

Início do Festival Folclórico de Parintins (Amazonas)

Início da Festa do Divino Pai Eterno (também conhecida como Festa de Trindade), na cidade de Trindade, em Goiás

Dia Internacional do Orgulho LGBTQ+ – que marca a data do “Incidente de Stonewall” de 28 de junho de 1969, quando frequentadores do bar Stonewall Inn em Greenwich Village, reagiram pela primeira vez na cidade norte-americana de Nova Iorque, contra as constantes ações policiais ali ocorridas para prender todos os que vestissem mais de três peças consideradas do sexo oposto

29

Dia de São Pedro

Nascimento do ex-jogador de futebol e comentarista paraibano Leovegildo Lins da Gama Júnior, o Júnior (70 anos)

Morte do cantor e compositor fluminense Jorge Veiga (45 anos)

Nascimento do cantor e compositor fluminense Luiz Antônio Feliciano Neguinho da Beija-Flor Marconde, o Neguinho da Beija-Flor (75 anos)

30

Morte da bailarina e coreógrafa alemã Philippine Bausch, a Pina Bausch (15 anos)

Nascimento do escritor mexicano José Emílio Pacheco (85 anos)

Nascimento do pintor francês Horace Vernet (235 anos)

Nascimento do compositor, maestro e professor baiano Lindembergue Cardoso (85 anos)

A TV Continental entra no ar (65 anos) – foi a terceira emissora inaugurada no Rio de Janeiro, operando no canal 9 VHF

Dia Nacional do Bumba meu Boi

Edição: Beatriz Arcoverde

EBC

 

 

 

Artigos

Johan Dalgas Frisch

A despedida do senhor dos pássaros

Publicado

em

 

Seu legado continua, mas o engenheiro, ornitólogo e escritor Johan Dalgas Frisch – O SENHOR DOS PÁSSAROS – voou para o Céu.

Dalgas faleceu neste sábado (22) em São Paulo, um mês antes de completar 94 anos.

Apaixonado pela Natureza, Dalgas dedicou sua vida na defesa da vida silvestre e no registro dos cantos dos pássaros.

Dalgas foi herói de dois continentes: filho de Dinamarqueses e nascido em São Paulo, ele recebeu o Prêmio Verde das Américas em 2006. Merecia o PRÊMIO NOBEL DA PAZ.

 

DALGAS – O MENINO SONHADOR

 

por Silvestre Gorgulho

 

Era uma vez um menino que vivia de sonhar.

Ele tinha o GEN do sonho na alma.

Seu bisavô, Enrico Mylius Dalgas, foi um sonhador:

plantou todas as florestas da Dinamarca.

Seu pai, Svend, foi outro sonhador:

desenhou todas as espécies de aves brasileiras.

E ele, aos cinco anos de idade, aprendeu a sonhar:

assobiava os cantos das aves que viviam no jardim de sua casa.

 

Seus sonhos sempre tinham floresta no meio.

Ele sonhava com o zumbido do vento,

com o tilintar das folhas secas que caíam,

com o som das cachoeiras e com a beleza das aves.

Cresceu sonhando com a natureza.

De tanto sonhar, aprendeu que cada floresta tinha um som diferente, porque tinha ruídos diferentes,

porque tinha cantos diferentes e porque tinha vida diferente.

 

Aí resolveu cair na realidade e conhecer todas as florestas brasileiras.

Uma a uma.

Visitou a Mata Atlântica, os Campos do Sul, a Caatinga,

o Cerrado, o Pantanal e a Floresta Amazônica.

Quanto mais se embrenhava na floresta, mais sonhos ele tinha.

Sonhos que viraram paixão.

Aí sua alma se mudou para os campos

e ele se apaixonou de vez pelos pássaros,

os habitantes mais alegres e mais charmosos das florestas.

 

Era uma vez um menino que sonhou a vida inteira…

E prestes a fazer 94 anos acordou…

Sim, como Senhor dos Pássaros, acordou e voou para o Céu.

Deixou sonhos aqui na terra.

Ainda sonha que os homens façam pelas aves,

o que fazem por si próprios.

Sonha que as cidades respeitem mais estas joias da natureza

dando-lhes maior proteção, comer e beber.

Sonha, ainda, em viver eternamente apaixonado

e que essa paixão escorra das páginas de sua vida

para dentro dos olhos,

das mãos e da alma de cada um dos habitantes desta bendita Terra

que possui a maior biodiversidade do mundo.

 

Johan Dalgas Frisch deixa seu legado

e muitas mensagens na sua história de Menino-Passarinho.

A melhor delas: vida sem paixão é vida que se vai

como a folha seca de uma árvore que cai.

Vida com paixão é vida que se vive intensamente,

prazerosamente e que deixa um rastro de luz

para iluminar eternamente nossas pegadas.

 

Era uma vez um menino que vivia de sonhar.

Seus sonhos tinham sempre floresta, rios, paixão

e o cantar fantástico, doce e melodioso das Aves Brasileiras.

 

FOTOS:

1 e 2) Dalgas recebe o PRÊMIO VERDE DAS AMÉRICAS.

3) Johan Dalgas Frisch e o presidente José Sarney.

4) Dalgas sempre cuidou pessoalmente da Reserva Ecológica do Morumbi: levava comida para as aves e defendia o parque de invasores e caçadores.

5) O ex-governador JORGE VIANA condecora Dalgas Frisch com a maior COMENDA DO ACRE.

6) Dalgas foi o principal articulador para a criação do Parque do Tumucumaque. Na foto com o cacique dos índios Tirió.

7 e 8) Capa de três de seus mais importantes livros: Aves Brasileiras – Aves Minha Paixão e UIRAPURU – Joia do Tumucumaque. Os relógios de pássaros.

 

Continue Lendo

Artigos

Centros de iniciação desportiva trabalham inclusão e socialização por meio do esporte

Programa oferece aulas esportivas gratuitas para a rede pública de ensino e já foi responsável por formar diversos profissionais e atletas do DF

Publicado

em

 

Por Jak Spies, da Agência Brasília | Edição: Débora Cronemberger

 

Gastando a energia que tem de sobra no tatame, Bernardo Freitas, de 7 anos, sai da aula de judô sorrindo e confirma o gosto pela atividade esportiva. “É bom para treinar e brincar, eu gosto muito. Sou um pouco agitado. Aí quando acaba eu fico muito cansado”, afirma o pequeno judoca.

Bernardo é um entre os milhares de estudantes atendidos pelos centros de iniciação desportiva (CIDs), que democratizam o acesso ao esporte para os estudantes da rede pública de ensino do Distrito Federal e oferecem práticas sistemáticas e orientadas por professores de Educação Física da Secretaria de Educação do DF (SEE).

Distrito Federal tem mais de 140 CIDs em todas as regionais de ensino, onde os alunos da rede pública podem praticar atividades esportivas como judô, vôlei e xadrez | Fotos: Matheus H. Souza/Agência Brasília

Atualmente, são 143 CIDs em todo o Distrito Federal distribuídos por todas as regionais de ensino. Somente na região de Taguatinga são 20 polos, cada um atendendo uma média de 160 alunos – o que representa mais de 3 mil estudantes praticando esporte no contraturno escolar na região.

“É algo a mais que o estudante tem para sua formação integral. Ele vai trabalhar não somente a parte esportiva, mas a questão física e emocional, que é muito importante para formação desses estudantes. E também pode revelar talentos; é um programa muito interessante da Secretaria da Educação”, frisa a coordenadora do CID de Taguatinga, Paula Miranda do Amaral.

“É bom para treinar e brincar”, diz o pequeno judoca Bernardo Freitas, de 7 anos

O judoca Samuel Souza, além de professor de Bernardo, também foi aluno de judô no CID. Ele conta que inspirou sua trajetória no mestre que o treinava em 2003, permanecendo no mesmo projeto ao se tornar professor.

“É uma sensação maravilhosa. O programa fomenta a iniciação esportiva e o esporte é transformador. Quantos casos que saíram dos CIDs que nós temos? Joaquim Cruz, a Leila, o nosso professor André Mariano, que foi aluno do CID quando mais novo. Então quanto mais pessoas puderem conhecer o projeto e mais crianças estiverem inseridas, estarão fora das ruas e terão esporte com ensino de qualidade”, pontua.

Praticando desde os 3 anos de idade, Samuel está há 30 anos ininterruptos na modalidade de luta. “O judô me deu tudo. Pelo judô eu estudei, tenho um processo de formação dentro da confederação brasileira e internacional. Me deu família, me deu condições e estruturas para que eu pudesse galgar outros caminhos profissionais. Mas a disciplina, a educação, o tato com o outro e o servir através do esporte mudaram a minha vida completamente”, acrescenta.

Os centros estão localizados em todas as coordenações regionais de ensino (CREs). Além do judô, há turmas de vôlei, xadrez, handebol entre outros esportes – incluindo parabadminton e outras modalidades para pessoas com deficiência (PcDs) ofertadas pelas unidades. Para encontrar o centro de iniciação desportiva mais próximo, basta entrar em contato com as regionais de ensino. Os telefones estão disponíveis no site do GDF.

“O judô me deu tudo”, diz o professor Samuel Souza, que também praticou o esporte no CID

Inclusão social

O estudante David Guilherme Souza, de 14 anos, não apenas joga parabadminton no Centro de Iniciação Desportiva Paralímpico (CIDP), como recentemente foi a um campeonato nacional em Curitiba. A modalidade leva em consideração as deficiências físicas, visuais e intelectuais. No último ano, David foi a quatro competições, disputou os jogos escolares em Brasília e também as paralimpíadas escolares em São Paulo, onde foi campeão nas categorias simples e mista.

Para David, o que mais chamou atenção no parabadminton foram as batidas na raquete. “Principalmente o smash, que eu gosto muito, de baixo pra cima. Também gosto bastante das competições”, explica. Quando ele joga, a sensação que descreve é simples. “Sinto alegria. E tristeza às vezes quando vou perder, mas eu gosto bastante de jogar”.

David Guilherme Souza já disputou, este ano, quatro competições de parabadminton

O professor do garoto, Letisson Samarone, afirma que alunos como David já estão trilhando uma carreira, mesmo em um tempo curto de treino. “É gratuito, os professores são qualificados e os espaços são adaptados para eles”, reforça. O docente também frisa que um dos maiores ganhos é quando os alunos passam a ter confiança social por meio do esporte, confiando nos próprios projetos e sonhos.

“Esse ano ele quis ir sozinho para Curitiba com a mãe, então ele acreditar que é capaz de chegar lá e querer competir é o mais importante. Porque às vezes ele não se vê capaz, os pais e os colegas não o veem capaz e aí ele volta com a medalha, então tudo muda em torno deles. Sai de uma pessoa que sofreu bullying para alguém que passa a ser admirado, representa o Distrito Federal e o Brasil”, observa Letisson.

Socialização

“Eu era bem tímida antes e, quando eu comecei a jogar, automaticamente comecei a ter contato com outras pessoas e algumas até se tornaram amigas”, diz Sarah Cristina Alves, que é da turma de xadrez no CID de Taguatinga

Os depoimentos tanto dos pais quanto dos alunos que passam pelo CID também convergem na melhora da interação social dos jovens que praticam esportes. Tiago Felipe de Oliveira, o pai da estudante Sarah Cristina Alves, de 15 anos, é testemunha da mudança de comportamento da filha assim que ela entrou para a turma de xadrez do CID de Taguatinga.

“Muda muito em nível de comportamento. Saber ganhar, saber perder, uma série de situações. No xadrez, por exemplo, tem a tomada de decisão, concentração, o poder da escolha, da decisão. Isso leva para a vida prática também. Todas essas questões fazem uma transformação na vida deles”

Clodomiro Leite, professor de xadrez

“A Sarah sempre foi uma aluna muito dedicada e estudiosa. O projeto ajudou bastante nessa questão da socialização, da interação com outros colegas, porque às vezes ela era um pouco fechada, até por conta da pandemia, quando ela ficou muito tempo em casa sem ter contato com outras pessoas. Esse contato, jogando um de cada vez, ajuda bastante nessa relação. E possibilita a prática da competição, coisas importantes que a gente leva do esporte pra vida”, acentua Tiago.

Participando do projeto desde os 12 anos, ela foi a única representante da rede pública do Distrito Federal a participar dos Jogos Escolares Brasileiros (JEBs) 2024, na categoria sub-18, que aconteceu no mês de maio em Aracaju.

“O CID me deu uma base muito boa pra começar a jogar toda vez, ensinou abertura, tática, estratégia e isso me fez evoluir cada vez mais. Eu gosto muito de jogar. Eu era bem tímida antes e, quando eu comecei a jogar, automaticamente comecei a ter contato com outras pessoas e algumas até se tornaram amigas”, acrescentou Sarah.

O professor de xadrez Clodomiro Leite destaca que sempre há um retorno positivo vindo dos pais dos alunos. “Muda muito em nível de comportamento. Saber ganhar, saber perder, uma série de situações. No xadrez, por exemplo, tem a tomada de decisão, concentração, o poder da escolha, da decisão. Isso leva para a vida prática também. Todas essas questões fazem uma transformação na vida deles. O projeto foca no desenvolvimento global da criança, tirando ela do celular e da rua”.

Novos talentos

Professor Elisson Fabrício de Oliveira e o jogador Guilherme Lopes, que treinou no CID e faz parte do time Red Bull Bragantino | Foto: Arquivo pessoal

Outro ponto exaltado pelo programa desportivo é a lapidação de novos atletas. A cada ano, são descobertos talentos nas escolas públicas por meio dos CIDs, como o jogador Guilherme Lopes. O jovem de 22 anos já faz parte do time Red Bull Bragantino, onde joga como defensor.

Guilherme treinou no CID de Taguatinga de 2011 a 2016, quando participou de várias competições importantes junto ao Sesc e ao Globo, representando o CID QNL no futsal. Em 2018 foi selecionado para as categorias de base do Cruzeiro (Sub-17) e em 2021 foi contratado como jogador profissional do Red Bull Bragantino, equipe da série A do Brasileirão e também da Sul Americana.

“Para chegar onde estou hoje também foi por causa do CID. Você pode se divertir fazendo o que você mais gosta. Para a minha carreira foi muito importante porque, além do futsal, eles ajudam a nos formar não só como jogadores e atletas, mas como pessoas também”, reforça o jogador profissional.

O professor Elisson Fabrício de Oliveira o acompanhou desde cedo e recorda que o jovem sempre foi dedicado e muito focado, dando até palestras na antiga escola para os novos estudantes que se interessam nos esportes.

“Sempre vejo ele nos jogos importantes, vi ele contra o meu time Flamengo, contra o Palmeiras, contra o Atlético Mineiro, então ele está sempre ajudando a equipe do Bragantino lá, dá muito orgulho. O trabalho feito aqui é uma ferramenta principalmente para a educação, para auxiliar as famílias mais vulneráveis, que não tem condição de matricular uma criança numa escolinha particular. E o nosso alcance é imenso, não só no futsal”, acentua o docente.

 

 

Continue Lendo

Artigos

Em momento histórico, proposta do GDF para o Conjunto Urbanístico de Brasília é aprovada

Após 15 anos de debates, Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico (Ppcub), elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh), foi aprovado pelos deputados distritais nesta quarta-feira (19)

Publicado

em

 

Por Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

 

Após 15 anos de debates, Brasília terá uma única legislação para tratar da preservação, uso e ocupação do solo, além de diretrizes para o desenvolvimento e modernização da área tombada.

O projeto de lei complementar nº 41/2024, que cria o Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (Ppcub), elaborado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Seduh) foi aprovado, nesta quarta-feira (19), em dois turnos, pela Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).

Para o titular da Seduh, Marcelo Vaz, a aprovação por 18 a 6 votos em primeiro e segundo turnos mostra que houve um entendimento por parte dos distritais sobre a importância do Ppcub para a cidade.

Marcelo Vaz: “Nossa equipe técnica realizou um trabalho criterioso tendo como foco a garantia da preservação, mas entendendo que tombamento não pode significar engessamento” | Foto: Divulgação/ Seduh

“É uma vitória para a capital do país. Nossa equipe técnica realizou um trabalho criterioso tendo como foco a garantia da preservação, mas entendendo que tombamento não pode significar engessamento, devendo ser garantido o desenvolvimento da cidade. Além disso, o texto foi amplamente discutido com a sociedade, foram oito audiências públicas realizadas pelo governo e outras cinco promovidas pela CLDF”, declarou Vaz.

Ainda segundo o secretário, atualizar as atividades permitidas nos lotes comerciais dará segurança jurídica aos empreendedores, gerando emprego e renda para a cidade. Essa atualização também irá corrigir incongruências como, por exemplo, as normas atuais que são da década de 80, não preverem o funcionamento de pet shops.

Foram apresentadas 174 emendas, a maioria delas pela oposição, sendo praticamente todas acatadas. O projeto segue agora para a sanção do governador Ibaneis Rocha.

Repercussão

“O Ppcub traz uma dinamização da nossa cidade. As pessoas mudam, as cidades mudam e as legislações precisam acompanhar essas mudanças”

Adalberto Valadão, presidente do Sinduscon-DF

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Distrito Federal (Sinduscon-DF), Adalberto Valadão, comemorou a decisão da CLDF: “O Ppcub traz uma dinamização da nossa cidade. As pessoas mudam, as cidades mudam e as legislações precisam acompanhar essas mudanças”.

A preservação também ganhou destaque. Para o presidente da Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do Distrito Federal (Ademi-DF), Roberto Botelho, o Ppcub é o “arcabouço jurídico que provocará a preservação do plano original de Lúcio Costa”.

Já o presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico, Sustentável e Estratégico do Distrito Federal (Codese-DF), Leonardo Ávila, declarou que este é o momento de se “renovar a legislação para atender as necessidades atuais da população”. Ávila ainda destacou que o texto aprovado hoje foi amplamente debatido ao longo dos anos e acatou muitas contribuições da sociedade, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e de parlamentares.

Histórico

O Ppcub reúne toda legislação urbanística do Conjunto Urbanístico de Brasília (Cub), tombado nas instâncias distrital e federal e inscrito como patrimônio da humanidade.

Ele abrange as regiões do Plano Piloto, Cruzeiro, Candangolândia, Sudoeste/Octogonal e Setor de Indústrias Gráficas (SIG), incluindo o Parque Nacional de Brasília e o espelho d’água do Lago Paranoá.

Projeto de Lei Complementar (PLC) possui 67 páginas e 15 anexos. No portal do Ppcub, a população tem acesso a um tutorial de como interpretar e encontrar informações sobre a proposta de lei complementar, com campos explicando o que é o Ppcub, a área de abrangência, atuação, como consultar e próximos passos.

*Com informações da Seduh

 

 

Continue Lendo

Reportagens

SRTV Sul, Quadra 701, Bloco A, Sala 719
Edifício Centro Empresarial Brasília
Brasília/DF
rodrigogorgulho@hotmail.com
(61) 98442-1010